Coreia do Norte: “A crise na Ucrânia tem origem na tirania e na arbitrariedade do Ocidente”

O governo coreano quebrou o silêncio sobre as guerra na Ucrânia e da participação dos EUA na escalada dos conflitos.

Um porta-voz não identificado do Ministério das Relações Exteriores da República Popular Democrática da Coreia (RPDC) respondeu a uma pergunta feita por um jornalista da Agência Central de Notícias da Coreia, nesta segunda (28), a respeito da intensificação do conflito russo-ucraniano. Confira abaixo o comunicado oficial na íntegra:

Como se sabe, a crise na Ucrânia está chamando a atenção da comunidade internacional.

A origem desta crise ucraniana está inteiramente ligada às políticas hegemônicas dos Estados Unidos e do Ocidente, que exercem a tirania e a arbitrariedade sobre os outros países.

Os Estados Unidos e o Ocidente destruíram sistematicamente o ambiente de segurança na Europa, ignorando as demandas razoáveis ​​e legítimas da Rússia pelo fornecimento de garantias legais de segurança, promovendo a expansão da OTAN no oriente, inclusive tentando implantar sistema bélicos ofensivos na região.

É absurdo que os Estados Unidos e o Ocidente, que deixaram o Iraque, o Afeganistão e a Líbia em ruínas, falem em “respeito à soberania” e em “integridade territorial total” em relação à crise ucraniana.

O maior perigo que o mundo enfrenta hoje é a tirania e a arbitrariedade dos Estados Unidos e de seus asseclas, que estão minando os fundamentos da paz e da estabilidade internacionais.

A realidade prova mais uma vez que não pode haver paz no mundo enquanto houver tal política unilateral e de dois pesos dos Estados Unidos, que ameaça a paz e a segurança dos estados soberanos.

Fonte: Ministério das Relações Exteriores da RPDC

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *