I Fórum Fluminense de Resistências Patrióticas: diretrizes para uma alternativa patriótica:

O I Fórum Fluminense de Resistências Patrióticas​ foi um sucesso!

Fomos brindados com uma excelente explanação acerca do sistema da Dívida Pública e seus impactos na Soberania Nacional pelo camarada Paulo Lindsay, coordenador do núcleo carioca da Auditoria Cidadã da Dívida​.

O jornalista e analista político do jornal Fort Russ​ e do Center for Syncretic Studies​, Paul Antonopoulos, também nos forneceu um amplo panorama sobre a guerra na Síria e suas contradições (o financiamento dos EUA a grupos terroristas e a participação daquilo que ele chamou de “esquerda imperialista” no lobby internacional anti-Assad), bem como sobre a crise venezuelana no contexto do desenvolvimento econômico dependente.

Fechamos com a brilhante comunicação do nosso camarada, coordenador geral da NR no Brasil, Raphael Machado, que pontuou a necessidade política cada vez mais urgente do patriotismo e do nacionalismo-revolucionário no cenário político nacional e internacional, ressaltando o caráter dos principais inimigos do Brasil e do povo brasileiro (a “burguesia compradora”, a grande mídia, os pseudo-intelectuais neocons influenciados pelo “fugitivo de hospício” Olavo de Caravalho, etc.).

O evento foi fruto da aliança entre Nova Resistência e Mobilização Islâmica (organização comunitária e anti-imperialista composta por membros da comunidade xiita carioca).

“A pátria não consiste em símbolos vazios e truncados ou em uma pompa vazia. O país é uma comunidade de homens, é uma tarefa. É projeto, é dialética, devir, sentido de futuro” (John William Cooke).

LIBERDADE! JUSTIÇA! REVOLUÇÃO!

1 Comment

Deixe uma resposta