Morreu Isabel II, uma Mestra do Ódio

A Rainha Isabel II do Reino Unido morreu e os argentinos comemoram efusivamente. É sempre importante recordar a memória argentina em relação à monarca da Grã-Bretanha.

Morreu Isabel II após 70 anos de reinado e imediatamente me lembrei de algumas linhas do verso do padre Castellani quando Franklin Roosevelt morreu:

Morreu dom Franklin Delano,
Tudo acaba tudo morre
Morreu o pan-americano.
Miserere.

Morreu um dos três grandes
Ninguém é grande a não ser Deus
Morreu um dos três grandes,
Restam dois.

Isabel II da Inglaterra morreu e o mundo chora e rasga suas roupas sem notar que ela era antes de tudo uma papisa, o Papa dos anglicanos, aquela religião nacional britânica criada por Henrique VIII, cujo objetivo principal não é o culto, que neles é reduzido a um mero gesto, mas o combate à Igreja Católica e tudo o que é espanhol.

Assim, nós, hispano-americanos, a vinculamos no rebote.

Nós argentinos não podemos esquecer que quando a guerra das Malvinas ia mal para eles, por ordem da primeira-ministra Margaret Thatcher e com a aprovação de Isabel II, um submarino atômico afundou o navio Ara General Belgrano, que estava fora da zona de guerra, matando centenas de soldados.

E como católicos não podemos esquecer que quando o santo Papa João Paulo II estava prestes a acabar com a divisão entre anglicanos e católicos, Isabel II deu luz verde para ordenar mulheres sacerdotes e todo o projeto foi por água abaixo.

Finalmente, Isabel II, em seus 70 anos de reinado, visitou 117 países, mas nunca veio à Argentina. Por quê? Porque ela sabia que o único inimigo declarado e público da Inglaterra somos nós. Embora seja verdade que temos uma oligarquia política e financeira pró-inglesa, também é verdade que o povo argentino canta nos estádios de futebol domingo após domingo: “quem não pula é inglês”. E que em nosso poema nacional, o Martín Fierro de 1872, falamos de “Incalaperra” para nos referirmos à Inglaterra.

Imagem padrão
Alberto Buela

Filósofo argentino de matriz peronista, ligado a Quarta Teoria Política e que trabalha temáticas como metapolítica e teoria do dissenso.

Artigos: 6

Deixar uma resposta