Carta de condolências da NR em razão do assassinato de Daria Dugina

A Organização política e popular NOVA RESISTÊNCIA (NR), expressa por meio desta carta suas condolências pelo assassinato de Daria Dugina, filha do filósofo russo Aleksandr Dugin, assassinada em decorrência de um atentado terrorista em pleno oblast de Moscou.

Daria era muito mais do que uma militante ou acadêmica, era a herdeira legítima do legado de seu pai, amplamente reconhecida por sua capacidade intelectual e seu comprometimento patriótico.

Em 2017, em razão do Congresso Mundial da Juventude, Daria conheceu membros da NR, segurou nossa bandeira, compartilhou ideias conosco e passou a manter contato frequente com os integrantes de nossas fileiras.

A organização sempre esteve em contato com ela e estávamos recentemente agendando via chat uma entrevista no nosso canal, razão pela qual para mim o choque da notícia deste atentado é particularmente gritante. Mas sei também que este sentimento é compartilhado por todos que estão conosco.

Concedemos postumamente, o título de MEMBRO HONORÁRIO à Daria Dugina, prometendo a ela e sua família um minuto de silêncio ao início de todos os eventos oficiais de nossa Organização.

A partir de hoje, o nome de Daria, nossa irmã de armas tombada em combate, será mais um dentre aqueles que nos iluminam a partir do panteão de heróis da Causa Multipolar.

Seja sua memória eterna!

Daria Dugina, PRESENTE!

Atenciosamente,

Raphael Machado, Presidente da Nova Resistência.

Lucas Leiroz de Almeida, Secretário de Relações Internacionais da Nova Resistência.

Imagem padrão
Nova Resistência

Organização nacional-revolucionária que, com base na Quarta Teoria Política, busca restaurar a dignidade imperial do povo brasileiro.

Artigos: 585

Deixar uma resposta