Putin clama por um BRICS unido pela multipolaridade

Na abertura da 14ª Cúpula dos BRICS, o presidente russo Vladimir Putin discursou em favor de maior união entre os membros do bloco, para que este tome uma decisiva posição diante da hegemonia liberal.

O presidente russo Vladimir Putin pediu, nesta quinta-feira (23), uma cooperação maior para enfrentar as “ações egoístas” dos países ocidentais, em referência às sanções que afetam Moscou por sua ofensiva na Ucrânia.

E, claro, somente com base em uma cooperação honesta e mutuamente benéfica podemos buscar saídas para a situação de crise que se desenvolveu na economia mundial devido às ações mal concebidas e egoístas de estados individuais, que, usando mecanismos financeiros, de fato espalham seus próprios erros por todo o mundo na política macroeconômica.

Estamos convencidos de que agora, mais do que nunca, demanda-se a liderança dos países do BRICS no desenvolvimento de um caminho unificador e positivo para a formação de um sistema verdadeiramente multipolar de relações interestatais baseado em normas de direito internacional universalmente reconhecidas e nos princípios-chave da Carta da ONU. Ao mesmo tempo, pode-se contar com o apoio de muitos estados asiáticos, africanos e latino-americanos que lutam por uma política independente.

Segundo Putin, o BRICS poderia ainda contar com o apoio de “vários países da Ásia, África e América Latina que buscam promover uma política independente”.

Fonte: Kremlin

Imagem padrão
Nova Resistência
Artigos: 593

Deixar uma resposta