Público x Privado nas Teorias Políticas:

Primeira Teoria Política/1ªTP (liberalismo): o Privado controla o Público. O âmbito do Público é cada vez mais reduzido e restringido. Se, antes, havia algum âmbito intermediário (guildas, corporações, comunidades, estamentos, clãs, etc.), ele, agora, é transformado em Privado.

Segunda Teoria Política/2ªTP (comunismo): o Público controla o Privado. O âmbito do Privado é cada vez mais reduzido e restringido. Também não há espaço para âmbitos intermediários. Se os existentes não forem apropriáveis pelo Público, eles são considerados Privados e tratados como tais.

Terceira Teoria Política/3ªTP (fascismo): o Público controla o Privado, com a exceção de um núcleo mínimo. O âmbito do Privado possui mais amplitude do que na 2ªTP, mas não tende à expansão como na 1ªTP. As esferas intermediárias existem, mas são controladas pelo Público. Também existe a possibilidade do Privado acabar controlando as esferas intermediárias.

Quarta Teoria Política/4ªTP: o Público controla o Público, o Privado controla o Privado, as esferas intermediárias controlam a si mesmas, porque o sentido de cada função é compreendido em sua essência, e as coisas estão bem divididas. Todos esses âmbitos são independentes entre si, mas se relacionam organicamente.

Raphael Machado

Advogado, ativista, tradutor e membro fundador da divisão brasileira da Nova Resistência, é um dos principais divulgadores do pensamento e obra de Aleksandr Dugin e de temas relacionados a Quarta Teoria Política no Brasil.

Deixe uma resposta