O que é a burguesia?

O que é a burguesia?

É uma classe conformada em torno do Dinheiro e para a qual o valor mercantil é o valor determinante de todos os outros valores e relações.

Todo aquele que age como se o dinheiro fosse a fonte legítima do poder e da moral. Todo aquele que conspira para que a política seja subordinada à economia, e para que a existência humana seja dedicada apenas à satisfação material e ao acúmulo de posses e de propriedade, é um burguês, ainda que não detenha a posse dos meios de produção em larga escala.

As ideologias que compõem a subversão moderna (comunismo à Terceira Via) tentaram, cada qual a sua maneira, se não destruir a burguesia, ao menos sufocá-la ou minimizar seu arco de possibilidades.

Falharam.

O espectro burguês não tardou em regressar ao coração dos países governados por regimes socialistas ou nacionalistas. Isso por uma razão muito simples: nenhum destes regimes tocou no cerne do problema. Foram bem sucedidos ao limitarem o poderio material da burguesia, expropriando suas propriedades, nacionalizando suas terras e destruindo suas instâncias deliberativas democrático-liberais. Mas, como herdeiros da mesma herança Iluminista de onde burguesia deriva, foram ineficientes para sublevar o ethos da modernidade – que é a fonte básica do espírito burguês, da moral burguesa, da estética burguesa e da política burguesa.

Por isso é necessário travar uma nova Luta de classes. Se a subversão moderna tentou aniquilar a burguesia pela via material, a nova subversão deve lutar a partir de uma frente dupla: contra o poder econômico-financeiro da burguesia e contra o espírito burguês. Lutar uma guerra no terreno da classe (trabalhadora) e no campo das identidades (étnicas e/ou raciais). Declarar paz entre todas as identidades, entre os povos, e guerra entre as classes. Usar os instrumentos da greve, da mobilização de massas, da ocupação de fábricas contra o poderio de classe da burguesia e fundamentar-se no duro tronco dos valores tradicionais e comunitários (e necessariamente anti-modernos) dos povos  contra o poder simbólico e semiótico que sustenta a burguesia enquanto casta dominante.

Essa será a nossa luta de classes. Essa será a nossa subversão.

Deixe uma resposta